quarta-feira, 17 de junho de 2009

O eterno problema da indisciplina na sala de aula



O eterno problema da indisciplina na sala de aula


A folha publica hoje como manchete de primeira página “País é o que mais desperdiça aula com bronca” folha para assinantes . Os estudos comparativos sobre as condições de trabalho de professores de 5ª a 8ª séries de 23 países, divulgado ontem pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). A pesquisa foi feita em 2007 e 2008, demonstra quanto tempo perdido com broncas e por atividades burocráticas que não deveriam ser do professor. Sem contar o número de alunos por sala de aula o problema se agrava com a constatação na pesquisa de que os professores brasileiros trabalham com turmas com número de alunos (32) acima da média (24). Apenas no México, na Malásia e na Coreia do Sul essa relação é maior. Foram listados problemas relacionados a alunos, como vandalismo, agressões ou trapaças no momento da prova.
A indisciplina se mostrou um problema mundial. Na média dos países, 60% dos diretores afirmaram ter, em alguma medida, distúrbios em sala de aula.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog