segunda-feira, 3 de agosto de 2009

REDE ESTADUAL PAULISTA:NOVO PLANO DE CARREIRA



Saiu hoje na Folha Ilustrada página E2, com título vestibular,assinantes podem conferir em http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq0308200906.htm. A notícia dá conta de que o Governo pretende enviar para ALESP um novo plano de Carreira para o Magistério.
O novo plano terá cinco faixas salariais iniciando com R$1.834 para mudar para segunda faixa o professor prestará prova e terá que obter nota seis, previsto a evolução para apenas 20% dos professores. Para cada faixa haverá um aumento de 25% e as provas serão realizadas a cada 3 anos para mudar para as faixas seguintes as notas aumentarão até que na última faixa a nota será 9. Portanto a evolução funcional não será como é hoje de pontuação por cursos reconhecidos que o professor frequenta. Segundo informações da Secretaria da Educação o salário final da carreira do professor poderá chegar a R$ 7.000. Fica a pergunta como ficam aqueles que se aposentaram e estão para se aposentar, após dedicarem 25 ou 30 anos de carreira e têm um salário próximo de R$2.000?
>

Um comentário:

Tathiana disse...

Pois é professor, e o pior é que futuramente ainda ouviremos: "só não ganham mais porque nao querem!!". Até quando teremos que provar que merecemos não só um salário melhor, mas condições de trabalho melhor, mais respeito, mais valorização? Temo que medidas como essa coloquem os professores uns contra os outros...

Arquivo do blog